Amortecedores

O amortecedor é um dos componentes que mantem a estabilidade da carroceria do carro sobre os componentes da suspensão.
A vida útil dos amortecedores depende exclusivamente de como e onde o veículo é utilizado. Alguns itens são indispensáveis na verificação visual de sua funcionalidade. Dentre outros, ao se observar vazamento de óleo em sua carcaça, denota que o amortecedor chegou ao fim de sua vida útil e necessita ser substituído. Menor estabilidade em curvas, maior distância de frenagem, desgaste de pneus e peças da suspensão, balanço excessivo e vibrações também podem indicar amortecedores com pouca ou nenhuma ação. Esta é a hora que seu mecânico de confiança deve ser visitado.
É importante ressaltar que quando da troca esta deve ser feita em pares (dianteiro e/ou traseiros) acompanhados do conjunto de coxins e batentes que fazem parte do conjunto.
Observar com atenção estes itens e fazer uma revisão preventiva constante, principalmente se o carro transita em ruas ou estradas esburacadas é muito importante.
Considerando o que foi explicado acima não se pode especificar a vida útil de um amortecedor em quilômetros.
Esta peça da suspensão foi projetada para “amortecer” ou absorver os impactos da suspensão dos veículos e é basicamente composta por um pistão e um tubo onde ficam armazenados fluido (óleo) e/ou gás que ao se movimentarem dentro dele “amortecem” sua flexibilidade.
No vaivém da suspensão, de acordo com o piso onde o veículo se movimenta, o trabalho do amortecedor desloca o fluido/gás através de válvulas internas evitando um balanço excessivo, monitorando o peso sustentado. Com isto evitam-se vibrações e impactos que ele absorve, oferecendo mais conforto aos seus ocupantes.
A verificação constante dos componentes da suspensão como um todo é de extrema importância para a segurança de seu veículo e seus passageiros. E dentro deste contexto estão os amortecedores.